Para CBF, pontos positivos do ‘VAR’ superam problemas

Em que pese as constantes polêmicas quanto à utilização do árbitro de vídeo (VAR) nos jogos do Brasileiro, a CBF avalia que a medida tem sido benéfica para a lisura da competição. No entanto, a entidade reconhece que faltam ajustes e por isso deve promover antes do início do returno um encontro dos clubes da Série A, no Rio, para discutir o tema.

A cúpula da confederação ressalta, internamente, que os lances capitais dos jogos têm passado por uma revisão criteriosa e rigorosa com o uso da tecnologia e que isso reduz bastante a possibilidade de uma equipe ser prejudicada por erro de arbitragem, informa o Terra.

Mas, como também defende — assim como os clubes, os torcedores e todos os profissionais envolvidos com o futebol —, mais celeridade na decisão dos árbitros, a direção da CBF tem se reunido com frequência com o chefe da Comissão de Arbitragem da entidade, Leonardo Gaciba, a fim de cobrar medidas que possam minimizar o problema.

As reclamações de clubes chegam praticamente toda semana à CBF e são quase sempre centralizadas na questão da demora das decisões dos árbitros em jogadas que resultam em gols ou em pênaltis, marcados ou não assinalados.

Segundo o Terra apurou, Gaciba tem dedicado várias horas por dia para conversar com os árbitros, de campo e de vídeo, com o objetivo de atender à demanda dos clubes, especificamente no que diz respeito ao tempo gasto com as paralisações que requerem consulta ao VAR.

13/08/2019